QUER RECEBER CONTEÚDO EXCLUSIVO E GRATUITO "OS 6 PRINCIPAIS NUTRIENTES"?​

* Não vamos distribuir seu e-mail

Tudo o que você precisa saber sobre o Sistema Imunológico

Você está cansado de estar sempre doente?

Já perdeu as contas de quantas vezes adquiriu herpes, amigdalites, otites, gripes e resfriados?

Gostaria de conhecer formas para melhorar a imunidade e se proteger de infecções causadas por vírus, fungos e bactérias?

Se você respondeu sim para algumas dessas perguntas, então esse artigo foi feito para você!

Aprenda definitivamente tudo o que você precisa saber sobre o seu sistema imune aqui na Learne Saúde.

 Sistema Imune: O que é?

O sistema imune ou imunológico é o responsável pela defesa do corpo contra o ataque de germes (micróbios) como vírus, bactérias e fungos que encontram-se no ambiente, nos alimentos ou até mesmo no ar e nos objetos que tocamos.

Fazem parte do sistema imune uma rede complexa de células que se estende por todos os órgãos e pela corrente sanguínea.

As principais células de defesa são os glóbulos brancos, cientificamente chamados de leucócitos, que se subdividem em fagócitos, neutrófilos e linfócitos. Cada um deles tem um papel importante na defesa e desempenham tarefas específicas.

Quando a nossa imunidade está funcionando bem, essas células de defesa formam uma espécie de exército, sendo capazes de identificar ameaças, como vírus e bactérias que tentam nos atacar e destruí-las, mantendo o corpo saudável e protegido.

No entanto, quando o sistema imune está fragilizado, nossa defesa fica com soldados reduzidos e não consegue identificar os ataques, então muitos desses “inimigos” avançam contra nosso exército e vencem. Nesse caso, os germes conseguem nos infectar e, assim, ficamos doentes.

O que diminui a imunidade?

É importante ressaltar que vários fatores influenciam o comportamento do sistema imunológico, sendo capazes de alterar o seu funcionamento, tais como idade, fatores genéticos, metabólicos, ambientais, nutricionais, etc.

Agora que já sabemos da importância do sistema imunológico para a nossa saúde, vamos listar outros fatores que prejudicam as defesas do corpo e, assim, nos deixam com baixa imunidade.

Alimentação: ter uma alimentação desregulada e deficitária em nutrientes como vitaminas e minerais prejudica as células de defesa e nos torna mais vulneráveis à adquirir doenças.

Tabagismo e alcoolismo: o consumo excessivo de álcool e cigarro aumentam o processo de metabolização do organismo, sobrecarregando o corpo, o que prejudica o sistema imune e a saúde como um todo.

Sono: dormir menos de 7 ou 8 horas por dia diminui a quantidade das células imunes e prejudica a atividade do sistema imunológico, nos tornando mais suscetíveis à contrair infecções.

Stress: estar exposto à altos níveis de stress leva à produção de cortisol, hormônio que contribui para a redução dos níveis de vitamina C e prejudica o funcionamento do sistema imune.

Sedentarismo: evidências epidemiológicas sustentam que a prática de exercícios moderados regularmente aumenta a resistência às infecções, gerando um aumento nas células de defesa (células natural killer e imunoglobulina sérica), fortalecendo o sistema imunológico.

Medicamentos: alguns medicamentos como corticoides e imunossupressores enfraquecem a imunidade, causando alívio de sintomas de alergias e inflamações, mas, por outro lado, prejudicam o sistema de defesa do corpo.

Dicas para fortalecer o sistema imune

Nosso sistema imunológico depende intimamente da ingestão de vitaminas e minerais para funcionar melhor e ter sucesso nas frequentes batalhas contra os patógenos (germes que causam doenças).

Assim, a prática de exercícios físicos aliada a uma boa alimentação são fatores muito benéficos para o sistema imune.

Diversos estudos científicos identificaram a relação entre a ingestão de micronutrientes, ou seja, vitaminas e minerais, e o fortalecimento do sistema imunológico. 

Além disso, demonstraram que no envelhecimento a
suplementação de micronutrientes específicos exerce efeitos benéficos sobre o sistema imune.

Ferro: as principais fontes de ferro na alimentação são as carnes, principalmente as vermelhas. Vários estudos tem associado a deficiência de ferro à baixa imunidade, indicando que a falta de ferro no organismo diminui a proliferação das células de defesa (células T e citocinas).

Zinco: o zinco é encontrado principalmente em carnes, laticínios, frutos do mar e cereais. 

Trata-se de um nutriente essencial para o crescimento, desenvolvimento e para a melhoria da função imunológica. Sua ausência no organismo causa uma redução na produção de citocinas.

Vitamina A: a vitamina A está disponível em fontes dietéticas de origem animal, como fígado, peixe, leite e derivados, bem como em óleos, frutas e vegetais que possuem carotenoides, sendo convertidos em vitamina A pelo organismo. 

A vitamina A auxilia na imunidade celular específica, através do ácido retinoico.

Vitamina D: vitamina D pode ser encontrada em alimentos como o óleo de peixe, óleo de fígado de bacalhau e gema de ovo, porém sua ação depende da síntese provocada pela pele mediante a exposição solar. 

A vitamina D, além da função no metabolismo do cálcio e formação óssea, também desempenha uma importante interação com o sistema imunológico, estimulando a produção de anticorpos e de citocinas.

Leia também Vitamina D e coronavírus: entenda a polêmica

Vitamina E: a vitamina E pode ser obtida através da ingestão de uma variedade de alimentos de origem vegetal, como óleos, germe de trigo, milho e soja. 

A falta de vitamina E no organismo pode comprometer vários aspectos da resposta imune e quando suplementada em concentrações acima das recomendadas contribui positivamente para o fortalecimento da imunidade nos idosos, conforme revelam inúmeras pesquisas acadêmicas.

Vitamina C: a vitamina C é encontrada principalmente em frutas e hortaliças. 

Esta vitamina é encontrada em grande concentração nas células imunes, possuindo atividade antioxidante, ou seja, evita que as células de defesa sofram dano oxidativo. 

Assim, a preservação dos níveis de vitamina C no organismo auxilia na manutenção do sistema imunológico.

Nesse sentido, a ingestão adequada de nutrientes como vitaminas e minerais, bem como a sua suplementação no caso nos idosos, está associada a diferentes benefícios na capacidade de defesa do sistema imunológico, além da importância também destacada da pratica moderada de exercícios físicos.

Referências Bibliográficas

BIASEBETTI, M.B.C.; RODRIGUES, I.D.; MAZUR, C.E. Relação do consumo de vitaminas e minerais com o sistema imunitário: uma breve revisão. Visão Acadêmica, Curitiba, v.19, n.1, p.130-136, jan./março 2018.

LEVY, E.; MONTE, T. Os dez mandamentos do sistema imunológico. São Paulo: Editora Ground, 2008.

NOVAES, M.R.C.B. et al. Suplementação de micronutrientes na senescência: implicações nos mecanismos imunológicos. Revista de Nutrição, Campinas, v.18, n.3, p.367-376, maio/jun.2005.

PERES, P.M.; KOURY, J.C. Zinco, Imunidade, Nutrição e Exercício. CERES: Nutrição e Saúde, Rio de Janeiro, v.1, n.1, p. 9-18, 2006.

SARNI, R.O.S. et al. Micronutrientes e sistema imunológico. Revista Brasileira de Alergia e Imunopatologia, v.33, n.1, São Paulo, 2010.

Recomendado para você

Tratamento para o ciático inflamado

 

 

 

 

 

A inflamação no ciático continua atrapalhando a sua vida?

Pesquisa inédita realizada por universidades da China e dos Estados Unidos mostrou que a junção desses compostos naturais é capaz de fortalecer o nervo ciático

CLIQUE AQUI e resolva os problemas do ciático de uma vez por todas

Conteúdos Relacionados

Receba nossos conteúdos gratuitos sobre saúde natural

Ao se cadastrar, você concorda com os nossos Termos de Política e Privacidade, incluindo o uso de cookies.

Artigos Recentes

Aprecie mais a vida​

Participe Lista VIP da Leever para ter acesso exclusivo a dicas de fitness e notícias de saúde para ajudar a aumentar sua vitalidade.

Guias de Saúde​

Planos de refeições​

Pesquisas Recentes

* As opiniões e opiniões expressas pelos colaboradores e / ou pelas análises de produtos são suas e não necessariamente da Learne Saúde…

Somos uma empresa que foco único em saúde natural, através da distribuição do nosso conhecimento compartilhamos conhecimento em saúde natural, juntamos os melhores profissionais para trazer a você o melhor da saúde vinda através da natureza.

CNPJ: 23.742.740/0001-07
Endereço: Rua: Margarida Dias D Sá Jatobá, n° 25
Bairro: Parque Jatobá (Nova Veneza)
Sumaré/SP
CEP: 13.175-644

Curta a Learne

Nossa Lista VIP